quarta-feira, 16 de julho de 2014

Tricologista Clínica Luzia Couto responde: A calvície que afeta os homens é a mesma que atinge as mulheres?




É importante entender que o processo interno na região do Bulbo Piloso para desencadear uma Calvície Androgenética, sim é igual em homens e mulheres. Só que os homens por características próprias apresentam um maior número de hormônios Testosterona possibilitando o subproduto DHT (dihidrotestosterona) o causador do afinamento, inflamação e miniaturização dos fios de cabelo.

Raramente a mulher afetada pela Calvície Androgenética perderá totalmente sua linha frontal, diferente dos homens que logo aparecem as entradas, típicas de uma Calvície Androgenética de padrão masculino.

As mulheres estão mais relacionadas a outros tipos de causas, como alterações tireoideanas, nutricional, hábitos capilares, entre outros que se manifestam em sua maioria de forma difusa.



Luzia Couto Profissional Tricologista Clínica
Iridóloga e Naturopata Capilar.


luziacouto@clinicasaudecapilar.com.br
www.clinicasaudecapilar.com.br
www.ervattofitoterapicos. blogspot.com


Telefones:
(21) 3703-9476
(21) 8892-7251

sábado, 12 de julho de 2014

Linha Collore da Ervatto Fitoterápicos

Linha Collore - Ervatto Fitoterápicos
A Linha Collore da Ervatto Fitoterápicos com os seus Higienizantes e Manteigas, intensificam o tom natural ou sintético do seu fio.

Devido aos princípios ativos os Higienizantes interferem internamente na região da raiz, promovendo por mais tempo ação do tom “natural” do seu cabelo.  

http://ervattofitoterapicos.blogspot.com.br/2012/02/voce-ja-pensou-num-fitoterapico-que.html#links


http://ervattofitoterapicos.blogspot.com.br/2012/07/foi-pensandoem-voce-que-ervatto.html#links


Luzia Couto
Tricologista Clínica, Iridóloga e Naturopata Capilar.
(21) 3703-9476
(21) 8892-7251

sábado, 5 de julho de 2014

Vilões do Alisamento 4ª Parte: Colorações com Sais Metálicos



Dando continuidade ao assunto Incompatibilidade das Químicas de Transformação, vamos falar sobre as colorações com sais metálicos (Bigen, Natucor e Henna) também encontram suas restrições e utilizam compostos de chumbo, prata, cobre, entre outros.

Ligando-se ao cabelo de forma cumulativa, interagem de forma rápida e intensa com outras químicas de transformação. Por isso a sua incompatibilidade com produtos alcalinos.

Colorações com sais metálicos são cosméticos que trazem consigo alguns resultados negativos como a má qualidade da cor, cabelos opacos, duro, com quebra e no caso do henê, o fio perde sua capacidade de hidrofilia e nutrição, pois a cada aplicação o henê vai encapando o fio. E sem falar nos sintomas que podem estar relacionados com o acúmulo de metais tóxicos no organismo, mas esse vai ser tema para um próximo artigo, não perca!

Na categoria dos alisantes alcalinos temos o Hidróxido de Sódio, Cálcio (guanidina) e o Lítio todos com sais metálicos, por pertencerem à mesma “família” existe uma possibilidade de troca entre eles, isso não quer dizer que o teste de mecha não seja necessário. Já o Ácido Tioglicólico junto com o Hidróxido de Amônio formam o Tioglicolato de Amônio. Também alcalino.

As duas categorias de alisantes agem de forma diferente dentro da fibra capilar, causando a incompatibilidade química.

Fazendo um resumo de tudo, as incompatibilidades não se restringem só as químicas citadas acima, existem as contra indicações, como por exemplo: problemas no couro cabeludo, que deve estar saudável, gravidez, queda de cabelo, fios descoloridos ou decapados, cabelos com Ph desequilibrado, entre outros.

Uma dica:

A você profissional, não brigue com a química, aja com responsabilidade e ética e faça dela sua amiga. E a você cliente, use todo o poder de transformação ao seu favor e fique linda, mas com saúde.

Luzia Couto
Profissional Tricologista Clínica
Iridóloga e Naturopata Capilar.

Telefones:
(21) 3703-9476
(21) 98892-7251