sábado, 28 de setembro de 2013

A idade certa para o 1º alisamento



Nem sempre o aspecto armado dos cabelos da garotada é motivo para uma química. Para manter o controle dos cachos da meninada, hidratações feitas com os produtos certos vão repor a água e óleo necessários para equilibrar o pH dos fios, diminuindo assim o volume dos cabelos.

Quando a única saída é o procedimento químico a idade ideal é a partir dos 15 anos. Isso falando no geral, pois vai da avaliação e dados fornecidos na consulta ao profissional cabeleireiro. Os cabelos das crianças com menor idade, devido há várias alterações hormonais, encontram-se numa fase de amadurecimento, uma mudança. Já o couro cabeludo ainda não apresenta a proteção necessária contra reações alérgicas

"A engenheira química Patrícia Toscani alerta que não existe produto fraco para alisamento em crianças. "Esse produto é forte, porque tem que mudar a estrutura do fio do cabelo. Por isso, a Anvisa não permite a liberação de aplicação de produto nenhum em crianças", afirma a engenheira química".
http://www.geledes.org.br/areas-de-atuacao/saude/264-noticias-de-saude/1932-especialistas-alertam-para-riscos-do-alisamento-de-cabelo-em-criancas

Lembrando que tal procedimento, quando liberado, deve ser feito por um profissional cabeleireiro de sua inteira confiança e que entenda do assunto, pois são de responsabilidade do profissional cabeleireiro a análise capilar completa e a realização do teste de mecha, para definir a escolha da base química e o tipo de técnica adequada ao fio de cabelo.

Se o cabelo apresenta as condições necessárias, resistência como um dos exemplos e não havendo nenhum impedimento diante da análise capilar realizada, o cabeleireiro irá preparar o couro cabeludo e o fio de cabelo para receber a base química previamente escolhida.

Cuidados antes, durante e depois de qualquer procedimento de transformação, é o que chamamos de pré e pós química, são atitudes fundamentais para fios saudáveis sem quebra e couro cabeludo sem caspas.

Lembre-se que cuidar é preciso, não importando se os seus cabelos passaram por uma química ou são naturais. A Linha Fito Força e Proteção – Série Transformação da Ervatto Fitoterápicos  é uma linha completa para proteção antes, durante e depois de qualquer tipo de química.

A Linha Fito Força e Proteção – Série Transformação da Ervatto Fitoterápicos é composta de:

Fito Max Proteção: um protetor para o couro cabeludo. Indicado principalmente para couro cabeludo sensível, inflamado e com queda.

Fito Fortéx: uma sinergia de óleos vegetais - 100%  natural com ação protetora e fortalecedora dos fios.

Fito Fix Collor: tem como maior benefício o de aumentar a absorção do produto no cabelo proporcionando maior brilho, maciez e intensificando a cor.

Soro Pré Fios: prepara os seus fios de cabelo para receber a química de transformação desejada.

Agora ficou muito mais seguro ter os cabelos dos sonhos... unindo beleza mas com saúde.

Meu protesto: Outro dia navegando na Internet li algo que me surpreendeu, uma mãe alegando o uso de alisante químico como solução para o fim do piolho (pediculose) numa criança de 7 anos, definitivamente isso é um absurdo!


Luzia Couto Profissional Tricologista Clínica
Iridóloga e Naturopata Capilar.
 


luziacouto@clinicasaudecapilar.com.br
www.clinicasaudecapilar.com.br
www.ervattofitoterapicos. blogspot.com

 

Telefones:
(21) 3703-9476
(21) 98347-3886
(21) 98892-7251

4 comentários:

  1. Parabens pelo blog, muito interessantes as dicas!

    ResponderExcluir
  2. Olá, vi o seu artigo e procurei entrar em contato com a senhora, enviei um e-mail descrevendo o meu problema de saúde que estou tendo pelo fato de ter tido intoxicação por formol e estou doente, estou com muito medo desse veneno não sair do meu organismo e me fazer muito mal. enviei para o e-mail luziacouto@clinicasaudecapilar.com.br e peço por favor, que leia o meu problema que descrevi. Estou fazendo tratamento neurológico, pois isso vem me causando problemas desde março, e comecei a ter convulsões, apagões, e só associei com a quimica agora, pois de tudo que fiz de exame, tudo estava dando normal, os médicos me internaram por nao saber a causa, e eu nem me lembrei de associar a esse veneno que botei no meu cabelo. Obrigada, e Agradeço a Deus por ter encontrado esse blog, pois descreve bastante o meu problema que nao estava claro pra mim o que era. foi desse artigo aqui que me identifiquei http://belezamascomsaude.blogspot.com.br/2011/12/os-viloes-do-alisamento-2-parte.html , acredito que o formol foi absorvido pelo meu couro cabeludo e tá no meu organismo. ='(

    ResponderExcluir
  3. Olá, através desse artigo que estava procurando no google, sobre como me livrar de um problema sério de saúde, encontrei esse artigo http://belezamascomsaude.blogspot.com.br/2011/12/os-viloes-do-alisamento-2-parte.html e Graças a Deus achei o seu blog, desde março tenho tido problemas de sapude, e comecei a ter apagões e convulsões, acabei me internando, saindo do emprego, fiz tudo que foi exame e nada foi mostrado, tava tudo bem, os médicos me internaram pelo fato de não acharem a causa dos apagões, depois que fui parar na urgencia semana passada, a médica disse que seria muito importante eu falar sobre essas quimicas que eu tinha dado, pois eu estava intoxicada, pois não associei de imediato que poderia ser isso a causa, e fui fazer de novo uma selagem que nao sabia que tinha formol e os sintomas vieram rápido. Estou com muito medo pois acredito que meu couro cabeludo tenha absorvido esse veneno, pois tontura é direto e dores isoladas na cabeça. Mais nunca na minha vida coloco essas químicas, pedindo saúde a Deus pra não piorar mais minha saúde, e quanto eu posso ver pessoas eu peço pra não fazer essas escovas porque sinceramente, estou passando por um momento ruim, desejo para ninguém.

    ResponderExcluir
  4. Enviei um e-mail para o luziacouto@clinicasaudecapilar.com.br explicando melhor. desculpe se foi mais de um comentário explicando. pensei que não tinha ido o primeiro.

    ResponderExcluir