domingo, 25 de novembro de 2012

Série sobre Medicamentos para Queda de Cabelo e a Calvície: A Finasterida - 2° parte

A enzima 5-alfa-redutase quando entra em contato com o hormônio Testosterona sofre uma mutação, no qual os dois, unidos, se transformam no DHT (dihidrotestosterona), um hormônio muito potente que é responsável pela queda e o afinamento dos fios.


A administração da Finasterida recomendada pelos médicos é de 1 mg/dia. Em alguns casos o resultado é a indução de crescimento capilar nas áreas que estavam rarefeitas.

Cuidado!!! No caso do uso da Finasterida nem tudo são flores, leia matérias aqui no blog sobre Queda Capilar. Principalmente o artigo sobre "Os Efeitos Adversos da Finasterida".

Em alguns homens os efeitos colaterais da Finasterida incluem além dos já citados no link acima sobre "Os Efeitos Adversos da Finasterida", a impotência, a ejaculação anormal, a diminuição do volume ejaculado,  ginecomastia - crescimento anormal das mamas em homens, dor nos testículos, entre outros.

Continua...


Luzia Couto Profissional Tricologista Clínica
Iridóloga e Naturopata Capilar.
 


luziacouto@clinicasaudecapilar.com.br
www.clinicasaudecapilar.com.br
www.ervattofitoterapicos. blogspot.com

 

Telefones:
(21) 3703-9476
(21) 98347-3886
(21) 98892-7251

Nenhum comentário:

Postar um comentário