quarta-feira, 13 de abril de 2011

Foliculite Queloidiana

Taís dos Santos Abel.  
Vilar dos Teles - São Jõao de Meriti, Rio de Janeiro

"Uma grande descoberta.

Há dois meses descobri algo que mudou minha vida. Com auxílio de uma aluna, percebi que meu cabelo não tinha saúde... na verdade nem sabia que era necessário meu cabelo ter saúde. Após um desabafo, minha aluna indicou-me a clinica saúde capilar, de Luzia.

No nosso primeiro encontro, apresentei-a um cabelo fraco, quebradiço, com fios em queda. Além disso, meu couro cabeludo estava interditado. Cheio de espinhas e coçava demais. Era uma sensação horrorosa. Não desejo isso para ninguém!


Após várias idas sem sucesso ao dermatologista, recebi um tratamento extremamente respeitoso e compreensivo de Luzia. Já que se tratava de uma grande profissional, ela entendeu minha aflição (mulher negra, sem creme nenhum no cabelo! Imagine...) e esclareceu todas as minhas dúvidas e desfez meus receios. Atenciosa, detectou que o problema girava em torno de uma alimentação desequilibrada. 

Assim, A brilhante tricologista encaminhou-me uma lista para auxiliar o restabelecimento de minha alimentação, associado a esse processo, recebia massagens maravilhosas, compostas, inclusive de cicatrizantes. RESULTADO: Feridas curadas, fios restabelecidos, coceiras exterminadas. Tal serviço não poderia me deixar mais satisfeita! Luzia é uma excelente profissional! 

A tricologia é luz! É Luzia!
Forte abraço.
Taís ".

Visão da Tricologista Clínica
Luzia Couto Ferreira

O caso da Taís foi de uma Foliculite Queloidiana. O seu couro cabeludo estava com grandes focos o que dificultava muito até as higienizações. E como ela mesma disse, não encontrou solução nos tratamentos com “vários” dermatologistas. Com apenas 1 tricoterapia para o couro cabeludo ela já encontrou alívio para as dores e coceira. O prurido (coceira) era tanto que ela pegava a ponta do pente para coçar. Imaginem o sofrimento e desespero.

Quanto ao seu fio de cabelo, a região coronal (alto da cabeça) foi a mais afetada, deixando bem visível o local da quebra. Foram feitas algumas tricoterapias para restabelecer as propriedades mecânicas do fio. O procedimento foi realizado com sucesso.

Hoje a fibra se encontra resistente e com bom crescimento, quanto ao problema no seu couro cabeludo? Só restaram as lembranças, o que permitirá dentro de alguns dias a liberação para realizar o procedimento químico de relaxamento tão esperado pela Taís.

 Luzia Couto
Profissional Tricologista Clínica
Iridóloga e Naturopata Capilar.

www.clinicasaudecapilar.com.br
luziacouto@clinicasaudecapilar.com.br
Telefones:
(21) 3703-9476
(21) 98892-7251

Nenhum comentário:

Postar um comentário