sábado, 19 de fevereiro de 2011

O Efeito Tóxico das Colorações - 1ª Parte

Já há alguns anos que os cabelos grisalhos vem sendo associados a “velhice”. Mas será esse o verdadeiro motivo pelo qual esse procedimento invadiu os Salões de Beleza? E a saúde dos cabelos, quem está se preocupando com isso?

O ato de colorir os cabelos já tomou conta de homens, mulheres, jovens e se não, crianças pelos mais variados motivos. Nem os asiáticos estão fora da lista, desde a década de 90 eles começaram a procurar formas para mudar de visual e se destacarem no meio da multidão.

A mídia como sempre incentivando ao máximo as mudanças de acordo com as estações do ano, as atrizes de novela lançando moda, e por ai vai... Que fique claro que eu também utilizo coloração, só que faço proteção de couro cabeludo e fios, além de seguir um ritual que me proporciona maior segurança no momento da química. Apesar de algumas pessoas acharem que somente produtos alisantes entram nessa categoria.
A coloração, ou tinta de cabelo, contém várias substâncias químicas que são capazes de remover, substituir ou mesmo, encobrir pigmentos naturais que são encontrados no interior do fio de cabelo.
O que não é muito divulgado pela mídia é que tais “componentes” da coloração podem resultar numa série de efeitos adversos, como a irritação na pele, coceira, alergia temporária, vermelhidão, feridas...e intoxicação do couro cabeludo que levam a queda de cabelo.

Tais sintomas nem sempre vão estar presentes na hora da primeira aplicação, no entanto, podem surgir várias horas depois ou mesmo um dia após o procedimento realizado nos cabelos.

As empresas cosméticas se resguardam com alguns alertas para evitar ou limitar as reações alérgicas relacionadas acima, e recomendam realizar sempre um teste antes do uso do produto, que seria misturar uma pequena quantidade e aplicá-la diretamente sobre a pele num intervalo de 48 horas. No caso de surgir algum sintoma, os fabricantes recomendam ao cliente não utilizar o produto.

Alguma vez o seu cabeleireiro fez este teste em você? Saiba que um teste de repetição na pele é recomendado antes do uso de cada processo de coloração, uma vez que tais reações alérgicas podem desenvolver-se mesmo após anos de uso sem reação alguma.

                                                                                                                                               continua...


Luzia Couto Profissional Tricologista Clínica
Iridóloga e Naturopata Capilar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário